(11) 3403-5941

Atendimento ao Cliente

(11) 94506-1083

WhatsApp

contato@bragancapocos.com.br

Email

(11) 3403-5941

Central de Atendimento

(11) 94506-1083

WhatsApp

Cloro para Tratamento de Água em Poço Artesiano

Cloro para Tratamento de Água em Poço Artesiano

CLORO PARA TRATAMENTO DE ÁGUA EM POÇO ARTESIANO É OPÇÃO PARA QUALIDADE

ADIÇÃO DE CLORO MELHORA A POTABILIDADE DO LÍQUIDO.

Se você tem um poço artesiano ou trabalha em uma concessionária que oferece água potável para a população conhece as regras de utilização de cloro para tratamento de água. Ele atua como agente de desinfecção do líquido. No entanto, alguns critérios precisam ser adotados para adquirir e escolher o melhor produto.

Uma ressalva, antes, é feita: o cloro utilizado em piscinas não é próprio para o consumo humano. Diferente disso, o cloro para tratamento de água é escolhido por suas características aceitas para ingestão. Segundo a Portaria 2914 do Ministério da Saúde, é essencial que os fornecedores de qualquer produto tenham um laudo de atendimento dos requisitos de saúde obedecidos por norma técnica da ABNT. Só assim, há a comprovação de que os responsáveis pelo abastecimento estão cuidando de seus recursos hídricos e adicionando corretamente o cloro para tratamento de água.

A norma descrita delimita as impurezas presentes em cada dosagem indicadas pelo fornecedor. Isso evita que cause prejuízo à saúde humana com a utilização de cloro para tratamento de água. Caso os parâmetros não sejam seguidos, é melhor escolher outro fornecedor para que o líquido não perca qualidade ou a concessionária seja barrada por baixa potabilidade.

Alguns estados, ainda, apresentam um modelo de formulário a ser exigido para o vendedor de cloro para tratamento de água. Sendo assim, os laudos precisam ter aprovação e podem ser vistoriados a qualquer momento, por órgãos responsáveis. A padronização possibilita manutenção da qualidade e de propriedades que não prejudicam a saúde humana.

Os produtos utilizados para tratamento do líquido envolvem oxidantes, coagulantes, alcalinizantes, desinfectantes e fluoretantes. Cada um deles tem uma função importante no procedimento.

Os locais devem utilizar o cloro para tratamento de água, pois ele retira impurezas que poderiam, ainda, favorecer a transmissão de doenças entre moradores. O aumento da população e a decorrente poluição amplificaram os graus de consumo e a necessidade de avaliação do consumo do líquido.

O processo de tratamento da água ocorre em várias etapas: coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção, correção de pH e fluoretação. Neste último, é acrescentado o cloro para tratamento de água, porque além de desinfectante ele atua como oxidante. Nesse momento, a água já é própria para o consumo e contém nutrientes de saúde pública que foram adicionados durante o processo.