(11) 3403-5941

Atendimento ao Cliente

(11) 94506-1083

WhatsApp

contato@bragancapocos.com.br

Email

(11) 3403-5941

Central de Atendimento

(11) 94506-1083

WhatsApp

Análise de Água de Poços

Métodos para Realizar a Análise de Água

Análise de Água de Poços

Procedimentos laboratoriais buscam medir a qualidade do líquido

Técnicas químicas, físicas e laboratoriais de análise de água tem o objetivo de identificar a qualidade da mesma e apontar níveis fora de comum, de algum nutriente ou resíduo. Esse tipo de procedimento pode ocorrer de forma particular, quando o dono de um poço artesiano, contrata o serviço, ou partir de órgãos do governo que avaliam a potabilidade do líquido, em primeira instância.

No entanto, outras questões podem ser avaliadas durante a análise de água como, a composição química do ambiente em que se foi retirada a água e quantidade de bactérias presentes ou produtos tóxicos. Toda essa avaliação pode auxiliar no consumo de um líquido de mais qualidade em cada residência ou para utilização industrial.

A análise de água visa descobrir todo tipo de poluente que possa estar infiltrado prejudicando a estética e o uso humano deste recurso, que, se mal cuidado, pode trazer doenças. As principais encontradas com o uso do líquido incorreto são a cólera, hepatite e amebíase. Para que isso não ocorra é importante uma análise de água constante, buscando resultados assertivos.

As principais leis e regulamentações para a análise de água envolvem a Portaria 518 da Legislação Federal e da Conama 357/05. Cada estado, em contrapartida, tem total liberdade para apresentar ponderações diferentes se for necessário maior cuidado no meio ambiente regional.

Normalmente, a água proveniente de tubulações e concessionárias, direto para as residências apresenta uma certificação para consumo. Por isso, a análise de água é feita junto à órgãos e laboratórios competentes que possam dar uma comprovação sobre a qualidade do fluido. Os resíduos, ainda, produzidos durante o procedimento, precisam ter um descarte correto, independente da localização.

Medidas extras podem auxiliar para uma água potável e sempre com o balanceamento de nutrientes, como limpeza periódica da caixa d’água e o controle sobre a análise de água feita pelas concessionárias de cada zona do país. Vale lembrar que, o processo de análise utiliza somente aquela quantidade de líquido retirada, ou seja, passando um determinado tempo é preciso realizar novamente essa etapa.

Amostra de Água para Análise

Ao retirar uma quantidade da água em córregos, arroios ou poços é preciso realizar um planejamento anterior. Ele evita que a análise seja falha, por não acompanhar o fluxo da região. O transporte, também, deve ser feito com cuidado para assegurar a obtenção de informações seguras e precisas.

O estabelecimento de um itinerário e um estudo sobre a área de coleta devem ser feitos previamente. Além disso, é preciso prever os recursos humanos, materiais e financeiros para que a técnica seja concluída com previsão. Os frascos para o procedimento precisam estar lacrados e todo artigo utilizado precisa ser esterilizado para não comprometer a análise. Assim, a objetividade é maior.